Com oposta americana Nia e ponteira azeri Odina podendo estrear, equipe busca quarta vitória seguida no Estadual, neste sábado, em Bauru, para garantir classificação antecipada às semifinais

Com as atletas estrangeiras Nia Reed e Odina Aliyeva liberadas para poderem estrear, o Sesi Vôlei Bauru enfrenta o AGEE-Atacadão São Carlos neste sábado, 18, às 16h, no ginásio do Sesi Altos da Cidade, em Bauru, pela quarta e penúltima rodada da fase classificatória do Campeonato Paulista 2021.

O Sesi Vôlei Bauru é o vice-líder da competição com 9 pontos conquistados após três vitórias em três partidas – o Osasco/São Cristóvão Saúde, adversário da quinta e última rodada do Estadual, em 24/9, às 21h30, no ginásio José Liberatti, em Osasco, é o líder pelos critérios de desempate – e busca a quarta vitória consecutiva não apenas para manter a invencibilidade e os 100% de aproveitamento, mas também para garantir classificação antecipada às semifinais.

Isso porque o regulamento do Estadual prevê que, ao término da fase classificatória, os dois primeiros colocados avancem direto às semifinais e aguardem a definição dos outros dois semifinalistas, que virão das quartas de final reunindo o 3º x 6º e o 4º x 5º em melhor de três partidas, sem golden set (com o segundo e terceiro jogos sendo realizados na casa do melhor classificado).

Para este duelo, o Sesi Vôlei Bauru ainda seguirá sem contar com a líbero Nyeme e a central Mayany, servindo a seleção brasileira que disputa o Campeonato Sul-Americano feminino, e sem o técnico Rubinho, que está na França com a seleção francesa e assumirá o comando presencial da equipe a partir da próxima segunda-feira, 20.

Já a ponteira azeri Odina Aliyeva e a oposta americana Nia Reed, que ficaram fora dos três primeiros jogos do Estadual, finalmente tiveram suas transferências internacionais liberadas pela Federação Internacional de Vôlei (FIVB) e estão à disposição do assistente técnico Plauto Machado para poderem estrear na competição.

Prestes a poderem entrar em quadra pela equipe, Nia e Odina se mostram bastante animadas para a estreia no Sesi Vôlei Bauru. “Estou muito feliz e empolgada para poder começar a jogar. Os treinos, é claro, são muito importantes, mas é durante os jogos em que podemos ver como estamos realmente. Tenho ótima expectativa para essa estreia em relação ao time, além também de poder me testar”, ressalta a ponteira Odina. “Estou mais animada do que qualquer coisa para voltar à quadra e poder competir. Minhas expectativas são de jogar duro e ajudar a equipe da melhor maneira possível”, enfatiza a oposta Nia.

Evolução e alerta

O assistente técnico Plauto Machado espera que a equipe mantenha o processo de evolução apresentado desde o início da competição. “Será mais um jogo muito importante porque pode nos garantir entre os dois primeiros na fase de classificação e também será a primeira partida em que poderemos contar com a Nia e Odina. Esperemos fazer mais uma boa partida para seguirmos evoluindo como equipe e chegarmos nos playoffs com uma equipe homogênea e preparada”, destaca .

Já a central Mara alerta que o confronto pode ser perigoso. “É um jogo muito importante porque a vitória nos levará automaticamente às semifinais. E também é muito perigoso, pois pode mexer com nossa ansiedade. Nossas adversárias não ganharam nenhum jogo na competição, mas cada partida tem sua história e temos de ficar muito atentas, pois não é porque ainda não tiveram vitórias que elas não têm competência para ganhar. Temos de entrar bem focadas, concentradas e conscientes e fazermos nosso papel para sairmos com a vitória.”

Compartilhar: